3.29.2016

chilrear

É de cá de fora que escrevo, inspirada pelo cantar alegre das dezenas de passarinhos de diversas espécies lá no alto das árvores que me rodeiam. Depois de um dia quente e solarengo e uma chuva ligeira de final de tarde, nada melhor que vir cá fora, aproveitar os últimos raios de sol, admirar a luz dourada do sol que começa a despedir-se por detrás das montanhas e escutar este alegre chilrear e sentir o aroma da terra húmida.
É assim que estou, inebriada por toda esta natureza e vida que me rodeia.
Espanto-me com o voo próximo de um chapim azul!




3.16.2016

dias de março

Março é chuva e sol. E agradecer a ambos pela sua presença.

É sair da escuridão para ver ver tudo renascer... o nosso ser e o da própria Terra, todo o ser vivo.

Tudo se tem transformado à minha volta. Aguardo ter mais que "um bocadinho" para vir aqui contar as novidades e mostrar as cores que me rodeiam.
 As férias da Páscoa estão aí e eu terei (julgo eu) mais tempo: Para o blogue, para mim, para outros projectos e para os meus filhos. São 2 semanas de repleta brincadeira ao ar-livre que nos esperam e eu já mal posso esperar!

Até já!