fevereiro

O mês de Fevereiro tem-se revelado nos últimos anos como, o mais difícil do ano. Este ano não foi excepção. A vinda para a nova morada foi um "difícil nascimento"... mas o esforço compensou e agora cá estamos. Muito felizes mas ainda de mangas arregaçadas pois as tarefas que temos ainda a fazer são gigantes para tornar este "o nosso espaço". Mas agora estamos aqui e já não temos pressa.

As semanas são sempre corridas e pouco aproveitamos. Agora (e até junho) a escola fica mais longe e portanto saímos cedo, para só regressar depois das 18h... Temos só os fins de semana para aproveitar ao máximo cada segundo, lá fora, cá dentro... sempre muito a fazer. Por isso nem me demoro mais por aqui, apesar do tempo estar "chocho" e as nuvens já terem novamente tapado o sol, ainda quero acabar de ir cavar o canteiro em frente à casa ou ajudar o J. a podar as vinhas.
Até breve e boa semana!






o encontro

É onde o Mondego se despede o distrito da Guarda para separar as terras de Viseu e Coimbra, que fica o lugar onde encontramos a casa e a terra, no final do verão de 2015.

Where the Mondego (River) says goodbye to Guarda district to separate Viseu and Coimbra lands, is the place where we have found the house and the land, in late summer 2015.