12.27.2014

Aldeia Natal

Aproveitando os últimos raios de sol do dia, lá fomos visitar a acolhedora Aldeia Natal na Cabeça, aqui em Seia. Tem havido concertos e outras animações, mas no dia 25, por ser o dia de natal e muita gente estar em casa com as famílias, o programa foi mais pacato. Mas havia uma grande fogueira na praça principal e tasquinhas abertas. Ficam algumas fotografias... (desculpem-me a qualidade....o carregador da outra máquina anda perdido e temos usado esta que, infelizmente, deixa muito a desejar).






12.26.2014

Flora

O dia de Natal começou calmo e sereno, preguiçoso. Preparava-mo-nos para sair de casa, para almoçar em casa da minha mãe, e tudo se desmoronou num segundo... Uma das minhas irmãs ligou-me aflita para eu procurar na net veterinários abertos para urgências aqui nas redondezas... A nossa linda Flora tinha sido envenenada... Tentou-se de tudo... mas quando finalmente consegui que atendessem o telefone numa das clínicas a 15km e se preparavam para sair com ela... ela morreu. 
A linda Flora, a cadela que ria literalmente com todos os dentes, a líder da matilha, morreu, e deixou o nosso natal e a vida da minha mãe mais triste.
... e fica também o sentimento de impotência e de revolta com a maldade do ser humano...

12.22.2014

Este mês

Este mês começou com viroses atrás de viroses, que duraram até agora. Tivemos cá em casa: varicelas, amigdalites, febres altas e escarlatinas. Mês de CASA, muito casa, só e apenas casa. Eu, e os miúdos. Só o pai escapou. Até a nossa cadela sofreu com um desenvolvimento de uma otite que lhe provocou um grande hematoma numa orelha e teve de fazer uma pequena cirurgia, de recuperação bastante morosa...
Lentamente, vamos deixando as viroses para trás, apesar de a varicela ainda não ter completamente deixado o Si em paz.
Por estas e por outras, está no topo da minha lista de pedidos ao menino jesus, e de ano novo... Haja SAÚDE! Que a saúde abunde cá por casa e em casa de todos próximos e não próximos. Que uma onda de limpeza e reforço de imunidade nos limpe as casas e os corpos.
Agora, pertinho do natal e a recuperar... Temos vontade de sair de casa e celebrar o Natal.

Membros da família voltaram ao ninho por estes dias, e, apesar de faltarem alguns, a "casa mãe" enche-se por dois ou três dias: A mãe, cinco dos 6 filhos e quatro dos 6 netos.
Está no programa desta semana visitar a Aldeia Natal - Cabeça. - Fica aqui ao lado (mais acima) e segundo relatos de quem já foi, está linda.




12.14.2014

forças de cura, quero-vos

Ver filhotes doentes é coisa pesada... mas arranjamos força e paciência sabe-se lá onde, mesmo com poucas horas de sono e tenta-se ajudar, aliviar, mimar...