9.28.2014

regresso

Regresso ás aulas, ao trabalho, à rotina semanal.
O Si, não queria muito largar as férias... a preguiça boa das manhãs, os desenhos animados na TV, as brincadeiras com o irmão, etc... Mas lá foi, no primeiro dia, entusiasmado por rever os colegas e a professora.
A readaptação do pequeno ju foi mais complicada, apesar de estar no mesmo infantário, a educadora mudou, a sala mudou, e ainda choraminga de manhã quando me despeço e o deixo, de corações partidos - o meu e o dele - no colinho da educadora. Vale-me saber que ele fica bem, são só os primeiros minutos e passa (normalmente fico escondida a ver quando passa!). E sei que passa o dia bem disposto e está normalmente alegre quando o vou buscar à tarde. Felizmente, sei que posso confiar nas pessoas com quem o deixo, sei que são atentas e carinhosas e que deixo o meu filho bem entregue.
Eu, volto ás minhas flores, aos canteiros, às ervas daninha, às listas de plantas para comprar, transplantar, ao planeamento de novos espaços e melhoramento de outros. Quando aos 17 anos - estava a tirar um curso de cerâmica numa escola de artes - disse aos meus colegas que queria ser jardineira, riram-se, e eu estava longe de acreditar que realmente, um dia a vida me levaria a isso mesmo.


  

9.14.2014

o final do verão (post atrasado)

Férias.
Com a caravana atestada de comida, roupa, brinquedos, dois adultos e 3 crianças (duas nossas e uma emprestada), em poucos dias percorremos alguns quilómetros: Seia - Porto - Quiaios - Pedrogão Grande - Figueiró dos Vinhos - Lousã - Porto - Seia. Fizemos rio e praia e as delicias dos miúdos, que vieram frescos e renovados para o grande inicio da época escolar. Aniversário pelo meio - o meu - e é assim que já cá cantam 32.











Volta a casa e portátil..."cabum" (!) Inevitavelmente, morreu de velhinho e das incontáveis mazelas físicas e "tecnológicas". Por sua vez, o nosso computador desktop já estava doente à um mês e não tivemos outro remédio senão levá-lo finalmente para formatar, substituir ventoinha, actualizar software (RIP Windows xp!). Resumo: 3 semanas sem internet... e que bem que soube desintoxicar!