querido pai natal...

Cá por casa a botinha serve para guardar a "Carta ao Pai Natal"!

_ "Mãe!!!... Também temos de escrever a carta do mano!!!".



sábado e domingo

Sábado foi dia de passeio na serra.
Serra da Estrela Sul. Vivemos por cá à 6 anos e ainda nos faltava fazer essa volta!
Enquanto os dois pequenos caíram no sono, nós vimos as imponentes montanhas, o vales profundos, cascatas de água que serra jorra nas bermas da estrada, os inúmeros tons de verde pintados de Outono.
As aldeias quase desabitadas são de xisto e cheiram ao fumo que sai de uma ou outra chaminé.



O dia de Domingo foi passado igualmente na serra, entre amigos e família, à volta de uma mesa florida, aprendendo sobre crudívorismo e fazendo deliciosos doces crus.
Enquanto as  crianças correram, brincaram e apanharam castanhas, ovos e lenha até o sol se por.
Um dia que terminou na já noite fria à volta da fogueira enquanto as castanhas assavam.
Foi assim ontem, na Quinta Nemus.

foto: Quinta Nemus (facebook.com/clubedaterra2012)



frio novo, novo gorro

Aqui na serra, o frio chegou em força!

Com o lindo fio, fiado à mão pela Ana, tricotei a primeira peça deste inverno.

Esta carequinha não pode ficar descoberta!





pertinho do céu...

                  ...pertinho do céu...
                                                          ...pertinho da terra...
                                                                                                ...***promessa de felicidade.***..








estou aqui

E já lá vão mais de 3 meses desde a última vez em que escrevi aqui.
Viver ao segundo, as novas rotinas de ser mãe a tempo inteiro, pois claro, e tentar trabalhar em tempo parcial, que nunca é, senão apenas... partilhado... quando possível.
O blog cá está... e eu vou estando por aqui, deste lado, e virei de vez em em quando!
Até já, até sempre e obrigado... por estarem desse lado!

mãe de 2

Já fez 1 mês o meu pequenino.
E eu ando assim... em estado zombi... ora porque durmo pouco, ora porque (e sobretudo) estou completamente encantada com este bebézinho... e com as novas descobertas desta "coisa" de "ser mãe de dois"!

Bom Verão!







Joel


E cá está o pequeno Joel.
Nasceu às 40 semanas e 2 dias.
O parto foi rápido e lindo. Não podia ter sido melhor.
Estamos muito felizes.

Abraço e até breve!




the winner is...

Aqui estão os resultados do sorteio!

(os nomes repetidos na lista correspondem às "partilhas" do link!)

E a vencedora é:

Parabéns Zana Dias!








39 semanas e 2 dias...

...Ainda sem sinais de querer nascer...

~~~~~~~~~~*~~~~~~~~~

...work in progress...




E ainda... um livro que me está a dar imenso gozo ler.





«E ele dorme, come, cresce. Logo abre os olhos, logo dá um risinho, vai ficando com um jeito que é só seu. Acorda somente pra mamar ou porque está molhado e se sente incomodado. Não está pronto pra ir à luta, tem que ser cuidado, e sobretudo tem muito direito ao que é seu: como diz minha mãe, aquele leite ali do peito o bebê trouxe com ele. É dele, não lhe pode ser negado.»


Bom fim de semana!


(Têm até amanhã para participar no giveaway!)

enquanto espero...

Enquanto o meu bebé não decide nascer... vou dando uso ao pincel (entre outras coisas).
Desta vez uma encomenda para uma decoração num guarda-jóias, que se pretendia bem simples.




5º bloganiversário e um giveaway

Aproxima-se o a data em que este blog faz 5 anos.
Decidi comemorar com o primeiro "Giveaway" do xengo-delengo-tengo.

A oferta será uma impressão de uma de entre as ilustrações que podem ver aqui em baixo. Vocês escolhem qual gostariam de ganhar!



Para participarem basta que me deixem um comentário neste post.
Não se esqueçam de dizer o nº da ilustração que escolhem!... Também adorava saber como conheceram o blog, mas isso é opcional!
Se partilharem o giveaway nos vossos blogues e/ou facebook, vale por 2 / 3 x mais chances de ganhar! Deixem-me apenas aqui no vosso comentário os links da partilha! Ah... e certifiquem-se que eu terei maneira de vos contactar!
Têm até à meia-noite do dia 20 (Domingo) para participar!
O/a vencedor/a será sorteado e anunciado na próxima segunda-feira, dia 21 de maio!

Espero a vossa participação massiva! ;)
Boa sorte!

~~~~~~~ **** ~~~~~~~


It is approaching the date on which this blog completes 5 years.
I have decided to celebrate with the first "Xengo-delengo-tengo giveaway".
I am giving away one print of one the four illustrations above. You choose which you would like to win!
To participate just enter a comment on this post. Dont forget to tell me the number of the illustration you picked!... I would also love to know how did you met the blog... but that would be opcional!
If you share this giveaway on your blog and/or facebook, worth 2 / 3 more chances to win. Just let me know on your comment (here) where did you share it (the links!)! Oh... and be sure that I have a away to contact you!
You`ll be able to participate till mid-night of Sunday - 20th May.
The winner will be announced next monday, 21st may!

I am looking forward for your massive participation! ;)
Wish you luck!

surpresa na caixa do correio

Adoro receber encomendas na minha caixa do correio! Ainda mais quando o que vem dentro do pacote é surpresa!
Pego nela e subo as escadas com aquele sorriso meio parvo estampado na cara e só a abro quando entro em casa.
Querem saber o que recebi ontem?
Não são amorosos?

I just love to receive packages on my mail box! Even more when whats inside is surprise! I grab it and and climb the stairs with that silly smile on my face and only open it when I enter in my home.
Do you want to see what I got yesterday?
Aren`t these lovely?




Estes amorosos carapins foram feitos pela minha querida amiga de Inglaterra.
E ela diz-me que as suas habilidades de tricotadeira não são perfeitas...? Bem, quando a mim são muito boas!!!

Obrigada Alice! Mamã e Joel adoraram!
E a cor... uau...em cheio!!!

These gorgeous booties were made by my dearest friend from England.
And she tells me that her knitting skills are not perfect...? Well, I think they are pretty good!!!
Thank you Alice! Mummy and Joel simply love it!
... And the colour... wow...  hits the spot!

Memórias de um Povo



Do que sinto por esta vila falei um pouquinho aqui, à cerca de um ano atrás. E é por isso que escrevo este post.


São Pedro da Cova, vila e freguesia do conselho de Gondomar, Porto.
A história desta vila e dos seus habitantes é marcada profundamente pelos 170 anos de exploração das minas de carvão.
«Perde-se, pois, nos tempos históricos a fundação medieval da hoje Vila de S. Pedro da Cova. De cariz profundamente agrícola, ela torna-se um centro industrial de grande importância após a descoberta, do carvão e antracite, no fim do sec. XVIII existente no seu subsolo. Inicia-se timidamente a sua exploração e, mais tarde, já nos anos trinta, intensifica-se a sua extracção em grande escala.
Tornou-se então um centro catalizador de migração. Várias gerações de trabalhadores fizeram desta terra o seu ganha-pão, contribuindo assim para um ascenso demográfico assinalável. Isolada que estava, apesar da proximidade do Porto, viu rasgarem-se novos horizontes e o nome de S. Pedro da Cova, começa então a ser conhecido em Portugal como "Terra Mineira". Como consequência surge a primeira ligação de transportes ao Porto, com a construção da linha do eléctrico, proporcionando um contacto mais regular com uma nova realidade, consubstanciada na grande cidade. A baixa dos preços do petróleo traz a crise e as Minas fecham, no início da década de 70. » Ler mais


Para albergar os antigos mineiros que migravam de outras terras - os "malteses", foram construídas as chamadas "Casa da Malta". Numa delas foi criado o Museu Mineiro em 1989.
Desde sempre um pouco esquecido e muito pouco divulgado, finalmente, após 23 anos, o Museu teve direito às primeiros obras de remodelação e reabriu ao público no passado dia 25 de Abril. Só para terem uma ideia da ligação dos sampedrenses às suas raízes, parte dos trabalhos de reabilitação do Museu contaram com o trabalho voluntário de pessoas da freguesia.
Interessa divulgar e dar a conhecer esta história, e por isso, o Museu Mineiro de São Pedro da Cova conta os merecidos espaços na internet onde podem encontrar informação mais alargada sobre o Museu, a história das minas e das gentes e famílias que entregaram anos de vida ao trabalho mineiro.
E ainda, "Memórias de um Povo", recheado de fotografias da época. Vale mesmo  a pena ver!

o parto

O primeiro parto, do Si., foi na maternidade.
Apesar de nada de muito grave ter a relatar dessa experiência - a não ser a dificuldade que tive em conseguir descansar nos 4 dias em que lá passei - decidi que desta vez queria um parto em casa. No meu conforto, na minha paz. Era assim que eu queria que o Joel conhecesse o mundo. O facto de agora estar bastante mais informada do que em 2007 e de ter uma amiga doula também me ajudaram nessa decisão.
Não acho que o facto de se ter um bebé em casa seja propriamente um acto de coragem, aliás é cada vez mais comum... outra vez. Com a diferença de que hoje em dia com todos os avanços científicos, tecnológicos, as ecografias, etc, etc... é possível ter quase 100% certeza de que não vão ocorrer (em principio) nenhumas complicações na hora do parto. E mesmo que possam existir, o/a parteiro/a ou o/a obstetra que assiste ao parto em casa, a doula, estão preparados para uma série de eventualidades, e em último recurso, um Hospital estará mais ou menos "ali à mão"!
Pois é... mas existem outros factores a ter em conta. E um deles importante é que, assim como um parto numa clínica privada não é para todos... um parto em casa (com as condições modernas que referi) também não é para todos.
É caro (para mim). E isso fez-me mudar de ideias.
Não estou triste, nem derrotada. Assim será e estou confiante que tudo correrá bem... Nasça onde nascer.
Até lá... descansar o máximo foi o que o médico me recomendou (que tenho abusado um bocado!) e dentro dos possíveis, tenho ainda muito com que me entreter pois a minha "check-list" de coisas a fazer antes do parto é bem extensa...!

*Bom Domingo!*




When my imagination...


When my imagination
Takes me by my mind,
It leads me off so far, so fast,
My body's left behind.
Yet, that's when I am most myself,
Lost in wish and dream,
And coming back, I smile and think
I'm more than I might seem.

Sesame Street
By David Korr
joana soares, Maio2007
*
*
*


onda rosinha

Nem sou muito fã do cor-de-rosa (ninguém diria, a julgar pela recente "onda cor-de-rosa" no layout do meu blog!...) mas, este armário... não é o máximo???
daqui

o novo guarda-roupa

Com a chegada de um bebé, eis que surge uma nova necessidade (entre tantas outras):

...espaço para guardar mais roupa!

O pequeno armário da roupa do Si. já me obriga a separar a roupa que já não serve para deixar entrar mais a cada cerca de 2cm crescidos. Era prioritário ter cá em casa um novo armário guarda-roupa para os dois rapazes.

Fiz muita pesquisa na internet, em busca de um em segunda-mão, bonito, barato, "espaçoso" e numa zona do país a onde nos pudessemos deslocar para ir buscar. Apareceram algumas coisas mas nenhum reunia os 3 últimos requisitos. Comprar novo também estava fora de questão, que a altura não é para gastar, e fico sempre tão desiludida com mobiliário novo e barato... normalmente os materiais são péssimos e como estamos sempre a mudar de casa - e eu com a mania das mudanças nas divisões da casa (arrasta daqui, arrasta d`acolá) - estas mobílias estragam-se facilmente e têm tendência a ter um período de vida muito curto.  Decidimos então pedir ajuda ao habilidoso marceneiro da família, o Avô Zé velhinho - como o Si gosta de lhe chamar - e que já tantas coisas tem feito para nós e para a nossa casinha.

O desenho do armário foi feito por mim e sendo assim, as dimensões correspondem exactamente àquilo que precisamos. Foi pensado para ser separável em duas partes (para facilitar nas nossas mudanças!) mas que no quarto serão para ficar uma em cima da outra.

A construção do armário levou o seu tempo.
Foram reunidos materiais aproveitados de outras mobílias, algumas placas foram fornecidas por gente amiga do ramo das carpintarias... Foi portanto, um trabalho moroso, solidário e ecológico q.b. e nós estamos muito agradecidos e contentes com o resultado!

Está cá em casa desde o fim-de-semana passado, mas falta acabar a pintura... Infelizmente, a minha falta de agilidade de grávida e o pouco tempo disponível por parte do pai não estão a deixar a "obra" avançar.... E a roupinha do bebé, lavada e passada, vai-se acumulando em tabuleiros embrulhados em lençóis... : (

Espero ter fotos do resultado final para mostrar em breve!

Aguardem! ; )

 

no domingo de ramos

...ganhei uma nova habitante para a casa. Adoro estes mimos da páscoa!



Já tive várias orquídeas, umas duraram mais que outras. As últimas estiveram comigo muito, muito tempo. Detestaram a mudança para esta casa. Acabaram por não resistir e as folhas foram caindo uma a uma. À cerca de dois meses foi com uma certa tristeza que me despedi das ultimas folhas e das raízes que devolvi à terra para acabarem a sua decomposição em paz e na natureza.
Estou por isso contente com esta prenda de madrinha que recebi no dia de ramos. Embora desconheça por completo a tradição e porque se pratica (desculpem a minha ignorância), sabe tão bem receber flores... e em vaso ainda melhor!

Sobre a nova habitante:
Phalenopsis aphrodite



fotografada

Há já muito tempo que me apetecia fazer uma espécie de sessão fotográfica à barriga... que até agora a poucas ou quase nenhumas fotos teve direito.
Ontem o dia estava lindo, o perfume da Glicínia era doce e tinha alguém à mão para me fotografar!


Na verdade, acho que não sou nada fotogénica e geralmente, detesto ver-me em todas as fotografias. Devo dizer que agora a cara mais inchada e as olheiras não ajudam nada... mas vá... foi uma boa sessão!... Não me posso queixar de não ter fotos da barriga agora!

(Obrigado maninha Ïris!)

:)

Bom fim de semana!

o projecto verde...

Quero mostrar-vos bocadinhos de um projecto em que estou a trabalhar em conjunto com o meu companheiro e o meu irmão, desde Novembro passado. Eu no design, eles em todo o trabalho de campo e a contribuir com muitas ideias!
O projecto é a criação de um mega jardim numa quinta com cerca de 1ha. Um grande desafio!
Tem sido uma experiência e tanto(!)... por ser a primeira vez que aplico o design a um espaço verde e por isso requerer tanto trabalho de pesquisa, atenção aos pormenores, criatividade, conhecimento de plantas... enfim, dedicação a 100% tentando fazer o melhor possível... Tenho realmente, aprendido imenso!
A implantação do projecto já vai com algum avanço mas ainda está longe de estar completa (aliás o próprio projecto ainda não está completo!).
Um dia hei-de mostrar um "antes e depois".
Para já ficam algumas das fotografia que tirei da última vez que fui ao terreno, na fase em que já estamos a começar a plantar algumas plantinhas (finalmente)!
Ansiosa por ver o espaço cheio de flores e VERDE!!! ... 


 


o desafio

Decidi aceitar o desafio.
Aqui ficam as minhas respostas, bem, as possíveis... porque a equação de hoje resume-se a isto:

31 semanas de barriga gigante e pesada + noites mal dormidas + falta de descanso no dia anterior = sem energia, sem inspiração, cansaço, muito sono...

Quais os teus hobbies preferidos?
Caminhar na serra, mexer na terra, fazer crochet ou tricot, ler...

O que te levou a criar um blogue?
Criei o blog na altura essencialmente para divulgar o meu trabalho. Com o tempo, passou também a ser uma ponte de comunicação entre mim e o resto do mundo.

Se tivesses que juntar duas bloggers nacionais para um jantar temático quais seriam as tuas convidadas?
Difícil... tantas que admiro... Talvez a Graça Paz e a Diane.

Quais os teus blogues preferidos nacionais?
São imensos e sobre os mais variados temas: Da ilustração, à pintura, design, crafts, lifestyle, jardinagem, permacultura, fotografia, enfim... é muito difícil compila-los numa listinha reduzida, mas vou tentar por aqui pelo menos os que leio com mais frequência.
(apesar de a Constança nos escrever a partir de Inglaterra, vou considerá-lo nacional)
e mais recentemente:
(nacional, mas também escrito a partir de outro país)

E internacionais?
(apenas alguns)
Que opinião tens em relação aos workshops de costura?
Nunca frequentei nem procurei frequentar nenhum por isso não tenho opinião formada. Imagino que sejam muito úteis a quem deseja dar os 1ºs passos nessa área.

Como surgiu o teu trabalho na área do artesanato?
A minha mãe sempre fez peças de artesanato, por isso, desde pequena que o artesanato faz parte da minha vida. O meu percurso de formação (Cerâmica e Design) foi também um reflexo disso.
O projecto xengo-delengo-tengo, com artesanato ligado ao mundo das crianças nasceu em 2006/2007 inspirada pela minha 1a gravidez e pela minha paixão pela ilustração infantil.

O nome do teu projeto deve-se a…?
O nome "xengo-delengo-tengo" foi "roubado" a um livro que marcou a minha infância“Rosinha, minha canoa” de José Mauro de Vasconcelos. Por ser também uma onomatopeia que me faz pensar nas lenga-lengas infantis.
«xengo-delengo-tengo. Se é assim, é bonito. Eu... eu... acredito.»
(Rosinha, a canoa - em conversa com Zé Orocó.)

De onde vem a inspiração para os teus trabalhos?
Certamente, do mundo infantil, do meu filho, da natureza... no fundo, tudo o que de alguma forma "me toque", pode ser fonte de inspiração.

Muitas pessoas dizem que é difícil senão impossível viver só do artesanato em termos monetários. O que pensas em relação a este assunto?
Concordo, mas tudo depende das necessidades de cada um e principalmente da forma como gerem o seu negócio. Se for houver realmente criatividade, qualidade, dedicação e organização para gerir muito bem o "negócio", acho que a coisa pode resultar muito bem.
Adoraria fazer algo como isto - recomendação da Constança.

Se tivesses que levar um único livro numa viagem longa, que livro seria?
Dependendo do destino... mas talvez "Como água para chocolate" da Laura Esquivel, por ser um bom "despertador" dos sentidos!


Se essa viagem longa fosse de livre escolha, qual seria o destino?
México ou Polinésia...
(Auto-retrato - Frida Kahlo) 
(Maternidade - Paul Gauguin) 


Qual seria para ti o melhor desafio?
Gosto de desafios que me obriguem a superar-me, que me mostrem uma visão nova sobre algo, ou que me ensinem algo sobre mim própria, ou que me façam valorizar algo novo ou re-valorizar algo esquecido...

Qual a tua cor de eleição?
Todas... dependendo do uso a dar, ou do estado de espírito...

O melhor filme?
Não consigo definir um "melhor filme"... 
Retenho aqueles que me cativem pela fotografia, pela história/mensagem, ou por uma boa interpretação ou realização, nem sempre se conjuga tudo num só...

Personalidade?
Outra difícil escolha... são tantos os que me inspiram, uns por coisas bem pequeninas, outros pela sua grandeza...

Objecto preferido?
A máquina fotográfica e o caderno de esboços.

War Horse


Não posso deixar de sugerir que vejam este filme...
Absolutamente fabuloso!
Bom Domingo!


"barriga de gesso"

Foi em Abril de 2009 que fiz a primeira "barriga de gesso".
Hoje, foi dia de fazer à mesma mamã, a sua 2a "barriga"!
Em breve farei também o molde da minha!

Falta agora reforçar o molde, uniformizar a superfície o mais possível, secar bem e depois... dar largas à imaginação e ao pincel para criar algo assim especial.




"Barriga de gesso":
Molde de gesso da barriga da grávida.
Para despedir, para recordar, para simbolizar e honrar a transformação do corpo da mulher e o ninho onde o nosso bebé se desenvolveu e onde esteve protegido durante 9 meses.



sorridente vencedora


 No final deste post, falei no giveaway do Dia da Mulher no blog Handmade By Deva.
... E não é que fui eu quem ganhou o sorteio????

Obrigado By Deva !!!!!!!!!!!

:)))))